segunda-feira, 26 de junho de 2017

Deixar de Amar

Se você é debochado em toda resposta é que deixou de amar. Se consegue dormir brigado é que deixou de amar. Se vê sua namorada ou namorado chorando e vira as costas é que deixou de amar. Quando amamos, o sofrimento do outro dói mais do que nosso próprio sofrimento, a insatisfação de nossa companhia parece ser inconsolável, a mais leve incompreensão provoca insônia. Amar é cuidar para que nosso par não se entristeça, não fique desanimado, não desapareça nem um pouco do domínio de nossos pensamentos. No fim, para resumir, se deixou de ser chato é que deixou de amar.
Carpinejar